F I A N N A I R I S H M U S I C

v o c a l s

i r i s h f l u t e

h a r m o n i c a

m a n a g e r

A Fianna empresta seu nome do lendário grupo de guerreiros míticos da Irlanda Celta, os Fianna, conhecidos por suas proezas em combate e por serem versados nas artes e na poesia.

 

Reunindo músicos apaixonados pela música celta irlandesa, cada um trazendo anos de experiência e familiaridade com o estilo, a a Fianna é uma das bandas mais conhecidas e requisitadas do gênero, na cidade de São Paulo. Sua agenda de shows frequentemente inclui bares importantes como o O'Malley's Pub, o Finnegan's Pub e o Cerveja Artesanal São Paulo.

H A R M U N D I

v o c a l s

i r i s h f l u t e

h a r m o n i c a

s y n t h e s i z e r

A música tradicional irlandesa é o ponto de partida da Harmundi – mas não há limites para o que soa bem.

 

Leonardo Ramos, Thomas Mourão, Paula Buceli e Felipe Monteiro são, acima de tudo, quatro músicos que amam tocar e amam o que tocam. Para eles, a música é uma segunda linguagem e nela se pode conversar por horas, recontando histórias antigas e criando novas.

 

Eles combinam tunes celtas com temas brasileiros e tudo o que a criatividade julgar pertinente.

S  I  M  S

i r i s h f l u t e

s y n t h e s i z e r

g u i t a r

s o l o p r o j e c t

Desde 2018, Leonardo Ramos produz suas próprias composições solo sob o nome S I M S.

 

Seu primeiro álbum, ainda com as imperfeições que se espera de uma primeira tentativa, é a trilha sonora do seu documentário de conclusão da pós graduação em Comunicação de Ciências. Novas trilhas e experimentos estão sendo cozinhados.

O gênero Synth Folk pode soar ambíguo, vago e não significar nada – uma astuta percepção que estaria absolutamente correta. Aqui se fundem influências que vão da música celta ao rock e da música minimalista aos sintetizadores que marcaram o pop dos anos 80.

n o s i t e

( y e t )